seashore1.jpgseashore2.jpg

Coração manso e humilde: um referencial de coração

Jesus nos apresenta o seu coração, manso e humilde como um referencial de aprendizagem. Um mestre de vida. Uma das características dessa mansidão e dessa humildade é, com certeza, a liberdade infinita de amar, de doar-se, de servir e por isso, de cuidar. O amor sem mansidão e sem humildade não é fecundo nem é amor.

Amar, dar a vida, servir, longe de ser uma poesia vaga e sentimentalista, só palavras ou só boas intenções. Amar alguém ou uma causa significa decidir-se por ela.

Manso significa que não é violento, sabe direcionar os impulsos do amor para construir pontes e não muros. Acolhe, ajuda, ergue. Não se trata de ser bobo, nem permissivo. O manso é firme no bem, busca a verdade e se dispõe. Propõe e compõe.

Humilde: sem orgulho, sem egoísmo. Procura o bem dos outros, não está fechado em si: vive uma saída de si contínua, vive o movimento livre e libertador do amor. Não sente nenhum impulso para ser feliz a partir de si mesmo. Não foge, mas busca. Encontra e acolhe. Deixa-se ferir.

Aprender dele! Uma escola de amor é o Sagrado Coração de Jesus! Seja esse bom coração não somente nossa escola, mas nossa casa, não somente nossa casa, mas nossa vida pois a melhor casa e a melhor escola é a vida. Que vida? Aquela vida que Ele, nossa Vida e nosso Caminho nos quer dar.

 

Fonte: Blog Rapadura Espiritual - Shalom

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Joomla templates by a4joomla